sexta-feira, 6 de junho de 2008

LOST IN THE CITY!!!

Goooooooooooooooooood Moooooorning Vietnan!!!! hauhauhauahua how are you??!! Hoje contarei pra vocês um pouco da minha primeira "aventura" aqui no centro de perth. Sim, aventura, porque imagina uma pessoa do Guarujá, que não sabe falar nada de inglês, sempre acostumado a andar de carro, ter que pegar um ônibus e ir para o Centro da cidade, conhecer o local aonde irá estudar nos próximos 6 meses. Bixo, vocês não tem noção do quanto é difícil entender o que essas porras desses australianos falam. Eles falam muito rápido, atropelam todas as palavras, é horrível e ao mesmo tempo impossível entender qualquer palavra que sai da boca deles. Mas deixe-me começar pelo início:

Acordei muito cedo, às 6:30hs da manhã de sexta-feira (02/05/08), tomei meu banho e fui preparar meu café da manhã. Nisso, conheci o Kotaro, o japonês que mora aqui na casa, e assim como eu é um estudante. Ele tem 18 anos, parece o Siraki e o César (meus amigos brasileiros) e é um total vagabundo. O cara sai toda noite, chega tarde pra cacete e sempre se atrasa pra ir pro curso de inglês. Mas apesar de tudo o cara é gente fina. Ele foi comigo na minha primeira aventura à cidade, pois ele estuda perto do meu colégio. Ele não fala quase nada de inglês, também pudera né, o cara não gosta de estudar e só anda com os brasileiros da sala dele. No meio do caminho, conversamos sobre uma porrada de coisas e ele me disse que os brasileiros haviam ensinado a ele uma porrada de palavras em português. Perguntei qual palavra, por exemplo, e ele me respodneu na lata: "Bater la Punheta"!!! Da pra acreditar nisso?? Só tem lixo nesse Brasil mesmo né?!! Porra, quase cai no chão de tanto rir. Perguntei se ele sabia o significado e ele respondeu: - Of course man!! - e me mostrou o gesto. Inacreditável né?!! Ficamos conversando até chegar o busão e ao entrar no ônibus a primeira dificuldade: Pra onde eu vou?? O que eu tenho que falar?? Quanto eu tenho que pagar?? Bixo, o motorista falou, repetiu, falou de novo, repetiu novamente e eu lá perdido pedindo desculpas e dizendo que não estava entendendo nada. Até que Deus colocou uma alma boa no meu caminho e como que por um milagre, me entra no ônibus um brasileiro, o Otávio. O cara me viu perdido, sem saber o que fazer e lançou na lata:
- Véio, você é Brazuca né?!! - Graças a Deus!!! Alguém que falava minha língua!!!
- Sou veio, me ajuda aqui, por favor, que eu não to entendendo nada que esse cara ta falando.
Ele falou uma porrada de coisas pro cara e me disse que eu tinha que pagar $3.40. Pronto eu estava salvo, pelo menos por enquanto. Comecei então a trocar idéia com o Otávio, e descobri que o cara era de São Bernardo, havia feito Turismo na Metodista, estava em Perth, há 03 semanas apenas e o melhor, estudva no mesmo colégio que eu: St. Marcks. Ficamos conversando até o nosso ponto de descida do ônibus. Fui com ele até o colégio e lá só escutei português. Tinha muitos, mas muuuuuitos brasileiros na porra do colégio. Muito foda. Ele me mostrou aonde eu vo fazer o teste de inglês, a piscina, biblioteca e depois foi pra aula.

Agora, um pouco mais familizariado, resolvi dar uma volta ao redor do colégio pra ver a vizinhança e também pra procurar um telefone pra ligar pra minha mãe, avisando que eu havia chegado bem e que estava tudo bem comigo. Após andar por duas quadras do colégio, pude ver que temos uma boa vizinhança por perto: Hungry Jack (Burguer King aqui na Austrália), 02 mini mercados, 01 supermercado, bancos, cabelereiros, 05 lojas de flores, 03 pubs, 04 cafés, como o Frans Café e etc. Achei uma cabine telefônica em frente ao supermercado e resolvi ligar para meus pais. Segunda dificuldade: perdi $2 tentando fazer a porra da ligação, mas era impossível de entender o que a australiana falava no telefone. Após 04 tentativas frustrantes resolvi desistir. Sentei num banco e bateu um puta desespero. Não sabia qual ônibus pegar pra voltar pra casa, nem como ligar pros meus pais, nem com quem conversar, nada!! Tentei pedir ajuda pra um policial na rua, mas foi pura perda de tempo!! Não da pra entender nada. Acreditem em mim, é muito difícil!! Quando tudo parecia perdido, olhei de longe uma chinesa falando no telefone. Pensei: Nossa essa é minha chance!! Fiquei do lado dela, uns 40 minutos esperando ela terminar a ligação. Pedi ajuda pra ela e consegui fazer a ligação. UFA!!! Voltei então para o colégio, para tentar encontrar alguém, ou pedir alguma explicação de como voltar pra casa. No meio do caminho, conheci um maluco andando na rua, com total pinta de brasileiro, não tive dúvidas, fui falar com ele. O nome dele é Daniel, tem 18 anos e está aqui apenas pra curtir!! Me apresentou pra uma porrada de brasileiros, conversamos um tempão, peguei umas orientações e voltei para Morley, um bairro perto de casa. Em Morley, há uma estação de ônibus que te leva a todos os lados de Perth. Lá também há um Shopping Center e para não perder a viagem, decidi comprar meu celular. Paguei $49.99 em um puta celular bacana, com câmera e pré-pago, da operadora Optus (uma operadora que faz ligação free de optus pra optus, e é o celular de todos os brasileiros aqui na Austrália). Não me pergunte como eu consegui efetuar a compra. Cheguei falando:
- Hello, I would like to see the most cheap mobile phone pre-paid that you have!!! (traduzindo: Olá, eu gostaria de ver o mais barato celular, pré-pago, que você tem!!!) O cara me perguntou uma porrada de coisas e eu só ia dizendo: YES!!! Na verdade eu até entendi um pouco do que ele disse, o real problema é falar!!! Depois disso, comprei um perfume em uma loja, pois meu perfume foi barrado no Brasil, ainda no aeroporto!!! Pra comprar o perfume foi sussa!! Sem problemas!! Sai do shopping e decidi ir pra casa, detalhe: O Ross, havia me dito que o shopping era perto de casa, que se eu tivesse apetite, poderia ir andando que chegaria em casa após 15 minutos. Cagada né?!! Lógico que eu resolvi tentar ir andando!! Claaaaaaaro, conheço Perth como a palma da minha mão!! Primeiro dia na cidade e eu decidi voltar andando, tem noção da merda?!! Eu só andei por pelo menos uns....muuuuuuuuitos quilometros!! Após 40 minutos andando e nada de lugares similares, resolvi voltar e tentar pegar um ônibus!!! É muita merda né?!! Andei por quase 1:30 minutos, sem rumo, indo pra sei lá aonde. Tava quase chegando em Sydney!! Burrice do caramba!! Voltei pro shopping, peguei um busão e, logicamente, cheguei exausto em casa. Cheguei disparando meu inglês, contando tudo o que eu havia feito e etc. Os caras me falaram que eu falo demais e isso é bom pro meu inglês, e o Ross ainda me disse que eu falo bem, só tenho que dar uma estudada na gramática, mas meu inglês é bom!! Fiquei feliz.

Após um banho, estava pronto pro jantar, mas desta vez o jantar estava bom: Rolou uma macarronada, legumes e a porra do balde de arroz!! Que caraio bixo!! Os caras comem arroz com macarrão!!! Após a janta, capotei né?!! Não tinha o que fazer e outra eu estava quebrado da minha longa peregrinação. Falando em cansaço, chega né?!!! Acho que por hoje, já contei bastante coisas!! Amanhã tem mais!!!
Bjos pra todos!!!

5 comentários:

Iara disse...

Caraca Igor, tem um brasileiro em cada esquina aí pelo jeito haha ainda mais encontrar galera da Metodisney....o mundo é realmente pequeno! Fiquei sabendo, que a irmã (postiça) da Martha minha amiga, chegou aí essa semana ou semana passada...ela é do Guaru também.... Carol o nome dela....é bem capaz que vcês acabem se trombando....
E meu...muitoo engraçadoo a parte que você ficou andando mais de 1 hora sem rumo....fiquei imaginando aqui tua cara de perdido huahuahua
Legal agora que você tá trampando, né? É isso aee, parabéens, aproveitaaa!
Bjoocas e se cuida!

Carol disse...

Igor, Igor, Igor, que bom que vc esta escrevendo tudo.

Daqui umas semaninhas, vc já vai estar colocando mais palavrinhas em Inglês nesse blog... e daqui uns quatro meses vc só vai escrever em inglês e vai ficar um tempão pensando para embaixo traduzir para o português, e vai traduzir de uma maneira bem suscinta podemos dizer.

Mas para que isso aconteça DO NOT HANG OUT WITH BRAZILIANS, while you are in Australia, they are the worse people in the world okay, they are all gays and stupid, no matter how many problems you have trying to take care of yourself without them. STAY AWAY FROM THEM, THEY ARE ALL TOXIC, EVEN ME.

hehehe,:)

Carol

Célia disse...

Espero que vc ão se canse de postar, pq é muito bom ler ...
Bjs

Patricia disse...

eu sempre falei pra vc andar de onibus e metro...vc já não tem senso de localização, em outro país então
pelo menos vc vai voltar sabendo tudo!
saudade meu amor

Patrícia disse...

Ah, quer dizer que aí tem Burguer King?! Ummmm delícia!
Gente, como tem brasileiro neste país! Que mundo pequeno. Quem diria que você encontraria alguém que estudou na mesma faculdade. Incrível!
Agora super engraçadas as suas aventuras em Perth! Adorei!
Beijos...